Buscar
Seja bem-vindo à Editora Revan Já é cadastrado? clique aqui
Minhas Compras 0 itens
Você está em:

O VERSO DO SER

Foto
Passe o mouse para ativar o zoom Indique o produto
  • Compartilhe:
  • Avalie:
Comprar R$ 48,00
ou 5X de R$ 9,60 sem juros
  • 1X de R$ 48,00 sem juros
  • 2X de R$ 24,00 sem juros
  • 3X de R$ 16,00 sem juros
  • 4X de R$ 12,00 sem juros
  • 5X de R$ 9,60 sem juros

Ficha Técnica

Autor(es): CRESO BALDUINO DA SILVA
ISBN: 9788571063563
Idioma: Português
Edição: 1ª. Edição
Encadernação: Brochura
Número de Páginas: 244
Ano de Edição: 2007
Mensagem de disponibidade: disponivel
Formato: 14 X 21

Sinopse

"Existe outra realidade. Em torno dessa máxima, que já arrebatou desde filósofos como Nietzsche a poetas como Fernando Pessoa, desenvolve-se a trama vivida por Urbano, o protagonista de O verso do ser, segundo romance do escritor Creso.

O motivo condutor nasce a partir da despretensiosa leitura de notícia publicada em jornal: um crime ocorrido em outra cidade e o desejo de investigar a realidade que o circunda. E se a memória, apressada, teima em nos avisar que estamos diante de uma imitação de Truman Capote (A sangue frio), o autor não subestima a inteligência de seus leitores e, pronta e habilmente, desnuda a falsa paródia, afastando-a logo nas primeiras páginas, com eficiência, como se arrancasse a folha do livro.

Daí em diante é um mergulho vertiginoso na narrativa fortemente entrelaçada, enriquecida por personagens de características marcantes, e logo estamos em meio a uma sufocante sucessão de tramas e enredos que vão se entretecendo e se fechando com o virar das páginas, como uma rede cujas malhas se estreitam no arrastão. A sensação é de um asfixiar lento, paulatino, prenunciado, como se o ar fosse se esvaindo a cada página e o fôlego somente pudesse ser recuperado no final, do outro lado da caudalosa travessia.

Depois de ler este romance, algumas marcas ficarão como a lembrança – a cada novo tilintar de um sino de vento – de Marcela, a doída lembrança de Urbano, não por acaso, homônima de outra igualmente doída Marcela, de Brás Cubas.

No final do mergulho, o leitor se dará conta, junto com Urbano, de que a realidade aparente aos nossos sentidos não é a realidade em si. Ficção e realidade confundem-se. Urbano, Creso, autor, personagem, quem representa o quê? A última lufada de ar ainda será necessária na tentativa de responder às perguntas: Quem somos nós? Qual realidade não é mera representação? Qual é o anverso do verso do ser?"

Arthur Adolfo Cotias e Silva, escritor e membro da Academia de Letras e Artes do TCU – ALA

Leia também

O verso do ser - Capítulo 1
Certificações
Formas de pagamento
  • Crédito VISA
  • Crédito MasterCard
  • Web Boleto
  • Elo
  • Diners
  • Discover
  • American Express
Entre em contato
vendas@revan.com.br
(21) 2502-74-95 - (21) 2502-8697 - (21) 2504-5614
(21) 2504-5693 - (21) 99618-9750 (VIVO)
Copyright ©2019 Editora Revan. Todos os direitos reservados.

Newsletter